terça-feira, 24 de Junho de 2008

Boas. Por problemas tecnicos já não vinha cá a bastante tempo, vou responder a 1 comentario que fizeram aqui no blog que perguntava o porque de ter-mos um site skinhead nos interesses do blog: Como sabes ou deverias saber existem skinheads antifascistas e aquele blog do qual tu falas é para skinheads antifascistas por isso é que lá está.

em breve prometo meter cá cenas novas

comprimentos da gerencia UCR

domingo, 17 de Fevereiro de 2008

Boca Juniors

NAVAJO ANTIFA HOOLIGANS

ANTIFA ULTRAS






ps: Sabemos que os Panteras negras em tempos foram antifascistas mas agora com o passar dos tempos sabemos que tambem existe lá muita extrema direita.

terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

alegre convívio entre a polícia e os nazis (Grecia)









Fica também um relato (em inglês) dos acontecimentos:

Detailed description of the events during the anti-fascistic demonstration in Athens.

"Anarchists took the street and barricaded in protest of the fascists. Police brought weapons and crash helmets for the fascists, and then riot police advanced on the anarchists with the fascists behind them, allowing the fascists to run forward and throw stones or stab people, and then run back behind the police line. There's video on youtube and Athens indymedia clearly showing the cops giving out weapons, and advancing in tandem with the fascists.


Since early in the morning about 50 fascists had been gathered in Kolokotroni sq, where the Neo-Nazi organisation “Chrissi Avgi” had planned a demonstration for 7pm. An anti-fascist demonstration had been scheduled for 2pm, organised by many organisations; though, since the square had been occupied since early, 400 demonstrators from the left and anarchist/anti-authoritarian space, gathered in Propylaea an Klafthmonos sq.


When the antifascists approached Kolokotroni sq, they saw a chain of cops, forming a shield for the fascists, who were standing behind the cops. At some points the cops left some space for the fascists to move in between them. This way, the fascists managed to stub two of our comrades and hit another two ones with stones. The guy who was stubbed, was moved to Evangelismos Hospital, where he stayed, after being having a surgery; his situation is not critical. A young man who had been stabbed on his leg and another one who was hit with a stone on the head, had to be treated for just a few hours. A fourth person, hit by stone, didn't need any treatment.


At about 11am, there was an attack towards the fascists, stones were thrown and the two opponent blocks came very close. The cops intervened, pushing the demonstrators back, spraying tear-gas and beating with batons. An antifascist fainted, beaten with a baton, while a video of the corporate media showed fascists, holding greek flags, flare rockets etc, to be in the lines of the policemen attacking the antifascists. Confrontations also took place in several places in Athens, as groups of individual fascists and antifascist, who were moving down-town, meet each other.


At 1 o'clock, another march, consisting of 200 people protesting against Bionova and Genetically Modified Organisms, started, since it had been planned long time ago. They finally chose to walk on Panepistimiou and join the others. The antifascists made chains and started moving to Panepistimiou to let the two marches together.


2pm: Antifascists threw stones and sticks to the fascists, at the junction of Panepistimiou and Sina str.. The cops intervened and there was tension, including tear-gas, sth that happened again later. The left antiracist organisations, which organised the demonstration, announced they have decided to leave the place. The riot police attacked with chemicals, so that they can reclaim Panepistimiou str. About 500 demonstrators, blocked in Propylaea, occupied the Prytaneum, made a plenary and called for an antifascist demonstration at 6pm.


A little later than 3pm, the Public Prosecutor announced their decision to ban the manifestation of the fascists and disperse their gathering. The fascists initially refused, but left when they saw more squads coming. MP of a left party said to radio station that he saw with his own eyes, riot policemen to be loading a van with sticks, which were given to the fascists.


7pm: evening demonstration from Propylaea:


A little after the march had started, with more than 600 people, the riot police attacked without reason, beating mercilessly with batons and throwing a big mass of chemicals and flare rockets. The batons and the chemicals resulted in many people to be beaten or stepped over, including demonstrator, passer-by civilians and TV camera operators. About 120 people were arrested and brought to the police headquarters, including some injured ones, while the more seriously injured ones went to the hospital in an ambulance. Small groups of demonstrators were isolated and blocked in several places, while 300 people managed to run to Exarchia sq; the formed roadblocks as they were surrounded by police squads.


The situation got calm at about 10pm, when all the arrestees were released with no charges. Those who were in Exarchia dispersed in small groups, after some time. Among the ones in hospital, 4-5 of them stayed there, including a female comrade who had been hit by a tear-gas shot directly on her eye and her forehead."


Ficam também os vídeos para já disponíveis:


http://www.lahaine.org/index.php?p=27701



UNIÃO!!! ACÇÃO!!! CONTRA A OPRESSÃO!!!

A.C.A.B.

segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

Morte de um anti-fascista na Republica Checa


"Last Friday, young anti-fascist skinhead (18 years old Jan Kucera) was stabbed by 20 years old nazi after short fight. Jan Kucera died in hospital on Sunday.

Nazi attacker was arrested, but the whole incident is being investigated as pub fight, even though attacker is accused of attempt to murder.

Witnesses said nazis attacked a group of anti-fascist in pub. They were giving nazis salutes and shouted insults towards antifascist. Later they attacked this antifascist skinhead outside of pub. Attacker (experienced martial artist with more then 10 years practise of musado) stabbed Jan to flank and back. Jan..s friends managed to stop the enormous bleeding from flank till the abulance came, but then they discovered he was stabbed to back as well. Jan lost a lot of his blood and even though he fought for his life, he loose this final battle on Sunday.

His favourite song was "Tiil the end of my life I..d be anti-fascist!" by Slovak band called Rozpor...

We..ll never forget."





Mais um anti-fascista morto as mãos destes animais , é de notar a bravura deste camarada ao ir para cima do nazi que portava uma enorme faca.

nenhuma agressão sem resposta
tocam em um tocam em todos

vídeo de homenagem



o funeral



manifestação de homenagem

sábado, 2 de Fevereiro de 2008

Ultras Contra o Racismo (myspace) http://www.myspace.com/ultrascontraoracismo

Novo fórum antifascista www.accaoantifascista.pt.vu


Porto (super dragões)



Benfica (diabos vermelhos)

para visualizarem mais fotos cliquem no seguinte link http://www.angelfire.com/falcon/ucr/fotos.html


ao publicar-mos estas fotos não queremos dizer que todos os elementos destas claques sejam racistas/fascistas.

sábado, 24 de Novembro de 2007

FC COPENHAGEN - RUDE LIONS (DINAMARCA)

FC COPENHAGEN - RUDE LIONS (DINAMARCA)

ReportagensUltras em Portugal

RTP







SIC







ACAB




Divulgamos aqui este blog que luta contra a legalização das claques em Portugal.
Podem ler mais sobre este tema em:

http://acabportugal.blogspot.com/

"Legalizar ou não legalizar? Mas para quê legalizar o que já é legal? Se eu já sou sócio do meu clube, já pago quotas, se já tenho bilhete de época, se o meu clube tem todos os meus dados porque é que eu estarei ilegal? Os ACAB estão apertar o cerco, não deixam um adepto astear a bandeira do seu clube porque está "ilegal"? Acham que é solução para o quê? A Repressão gera Resistência! E nós vamos resistir!"

"Este Blog foi criado com um intuito de combater a Violência Policial e o Futebol Moderno. Desde o primeiro momento esta foi a linha de Pensamento e continuará a ser, os comentários que se fazem com a tentativa de destabilizar o Blog e mudar a linha de pensamento não passam de tentativas frustradas. Como acho que a liberdade de expressão é um direito de todos recuso-me a cortar os comentários mesmo aqueles que eu considero pouco apropriados á Causa, porque sei que aqueles que realmente pensam como eu os vão ignorar.

Abraço aos que lutam do mesmo lado que eu....

ACAB"

ALL COPS ARE BASTARDS!!

sexta-feira, 23 de Novembro de 2007

AC Omonia- Gate 9







Standard de Liège - Ultras Inferno



claque do Standard de Liège "ultras inferno"






O Carlos morreu, às mãos dos fascistas

Domingo passado, dia 11 de Novembro, no bairro madrileno de Usera estava marcada uma manifestação contra a imigração convocada pelo partido de extrema-direita “Democracia Nacional”. Alguns dos vários antifascistas que se deslocaram para apoiar imigrantes e habitantes do bairro tiveram um encontro com alguns nazis na estação de metro de Legazpi. Do confronto verbal passou-se rapidamente à agressão e um militar, neo-nazi, apunhalou Carlos no coração e Alejandro no pulmão. Deste confronto resultou a morte de Carlos de 16 anos. O agressor também foi atacado e apesar de ter entrado no hospital em estado grave, neste momento encontra-se já recuperado e detido, visto ter sido emitida a ordem de prisão preventiva por questões de "Alarme Social" . No seguimento, outro grupo de antifascistas que subia a rua Marcelo Usera foi atacado pela polícia donde resultou mais uma pessoa ferida, desta vez por balas de borracha da polícia.

Em resposta ao assassinato foi convocada em Madrid uma manifestação que contou com 500 a 1000 pessoas, segundo as fontes. Ao fim de uma hora e meia saíram em manifestação e pouco depois de entrarem na rua Gran Via, a polícia apareceu pronta com todo o material antidisturbios atacando os manifestantes. NO seguimento dos confrontos foram arrasadas sucursais bancárias e lojas de moda, ruas foram cortadas e contentores incendiados. Duas pessoas foram detidas.

Foram ainda convocadas manifestações de repúdio por todo o estado espanhol, nomeadamente em Logroño, Valladolid, Barcelona, Zaragoza, Valencia, Castello, Xixon, Coruña, Granada, Allicante, Iruña, Vigo, Caceres, Sevilha...

Em Madrid multiplicaram-se diariamente as concentrações e manifestações de repúdio e solidariedade, convocadas pelos mais diversos grupos, desde os bairros até às universidades.

Para esta próximo Sábado fica o apelo internacional lançado desde Madrid:

"Nestes últimos meses grupos de nazis aumentaram o número de agressões em Madrid, atacando imigrantes em plena luz do dia e com toda a impunidade por parte das autoridades.

No domingo, 11 de Novembro, o grupo de extrema-direita Democracia Nacional convocou uma manifestação contra os imigrantes num bairro operário de Madrid. Um grupo de antifascistas decidiu mostrar a sua oposição e repulsa. No caminho o grupo encontrou-se com um militar neo-nazi que apunhalou o coração de Carlos, um jovem antifascista de 16 anos, causando-lhe a morte , e ao Alejandro no pulmão, que se encontra em estado grave no hospital.

É por isto que colectivos antifascistas de Madrid organizámos uma concentração no centro da cidade (praça do Sol) a 17 de Novembro às 16:30h para impedir uma manifestação fascista convocada para os mesmos dia e hora; e como homenagem ao nosso companheiro Carlos.

Desde aqui, queríamos fazer um apelo para que em todas as cidades do mundo se convoquem acções de resposta nesse mesmo dia.

Nenhuma agressão sem resposta.
Se nos tocam a um, tocam-nos a todos.
"


Manif em Granada:



manif em Barcelona

domingo, 11 de Novembro de 2007

Ultra da Lazio morto por "erro policial"

Gabriele Sandri tombou morto com um tiro no pescoço dentro da Megane Scénic onde viajava para assistir ao Inter-Lazio. Um jogo que foi suspenso apesar dos adeptos estarem unidos nos protestos contra a polícia. Perante isto a televisão italiana faz debates sobre os abusos de autoridade e irresponsabilidade na utilização de armas de fogo por parte das forças da suposta ordem numa via pública? Não. É apenas agitado o espantalho do perigo Ultra, nem sequer sendo levado em conta o facto do Gabriele, a quem foi tirada a vida aos 26 anos, ter um comportamento social impecável, sendo um conhecido disc-jockey de uma discoteca de Roma, e a polícia ter comparecido na área de serviço onde tudo aconteceu, em Arezzo, devido a um alegado desentendimento entre dois grupos de cidadãos que viajavam nas suas viaturas, não estando sequer identificados como tifosi. Ao que consta, da Lazio e da Juventus. Ou seja, trocado por miúdos, perante semelhante descontrolo na utilização de armas a morte podia ter acontecido praticamente a qualquer pessoa, mesmo que envolvida num mero desentendimento de trânsito.
O jogo Inter-Lazio não se realiza, mas estão a registar-se incidentes em vários estádios italianos com os tifosi a chamarem "assassinos" aos polícias, tendo idêntica medida sido aplicada ao Atalanta-AC Milan. As autoridades dizem somente ter-se tratado de "um erro trágico". É sempre assim quando morre mais um adepto.
O MEGAFONE entende que os criminosos devem ser banidos do Desporto. Sejam altos dirigentes, árbitros, treinadores, jogadores, simples adeptos ou até polícias que não cumprem bem a sua função e como temos visto por cá, nem sequer conhecem as Leis.
Neste caso, porém, está uma vez mais em causa uma questão social, e não desportiva. A polícia disparou sobre um cidadão que, naquela altura, nem sequer tinha sido relacionado com qualquer conotação futebolística. Fazer constar que se tratava de um tifoso, da Lazio ou Juventus, não pode ser uma cortina de fumo sobre os factos nem servir para os comentadores de pacotilha debitarem os seus lugares comuns anti-claques. A morte do Gabriele merece a mesma indignação internacional, as mesmas homenagens, o mesmo clamor por Justiça, pelo menos, que o agente Filippo Raciti, tristemente assassinado por adeptos do Catania em Fevereiro. Só assim a sua Alma poderá descansar em Paz.

texto retirado do megafone

incidentes nos estádios devido a este acontecimento

Em Bergamo, o encontro entre a Atalanta, de Costinha, e o AC Milan, adversário do Benfica na Liga dos Campeões, foi suspenso aos sete minutos, após confrontos entre adeptos da equipa da casa e forças policiais.

Os seguidores radicais da Atalanta, em protesto por o jogo não ter sido adiado, lançaram-se contra uma barreira de protecção, em vidro, que separa a bancada do relvado, acabando por parti-la em dois locais.

Em Milão, cerca de 400 adeptos, que se preparavam para assistir ao encontro com a Lazio, entretanto adiado, lançaram pedras contra a polícia, enquanto em Siena, vários espectadores presentes no encontro entre a equipa local e o Livorno, gritaram frases contra os agentes da autoridade, como: ''polícias assassinos''.


Mesmo sendo um clube com uma clack oficialmente fascista mesmo assim é de lamentar este incidente, porque é uma vida que se perde.

Desta vez foi em Itália aonde será a próxima?

Concerto Antifascista (Porto)


1º Concerto Antifascista organizado pela Map (movimento antifascista Português).
O concerto realizara-se na Casa Viva (praça do Marquês 167) dia 17 de Novembro pelas 16:30 e contará com bandas como (Mancha negra, cabeça de martelo, bloodd disgrace, D.m.g)
Apareçam

Celtic - green brigade




uma clack oficialmente antifascista , sem duvida uma das melhores clacks do mundo

mais fotos em www.talfanzine.com/antifascistpics.htm



green brigade em Lisboa



Celtic - You'll Never Walk Alone



sábado, 10 de Novembro de 2007

yellow boys - Paços de Ferreira


Uma excelente iniciativa por parte da clack do Paços de Ferreira

Marseilha

um vídeo sobre a clack do Marseilha oficialmente antifascista



Mesmo a perder por 2-0 contra o rennes a clack do Marseilha apoia a equipa

domingo, 26 de Agosto de 2007

BAL LIVORNO



















A BAL Livorno é maioritariamente comunista mas que no geral abrange todo o pessoal antifascista.
cantam e tem coreografias ao nível das melhores da Europa.

Num jogo contra a Lazio, o pessoal a saltar e a cantar "E quem não salta é um fascista!"


No mesmo jogo, um cântico contra Paolo DiCanio, que em português significa "De cabeça pra baixo, Paolo DiCanio de cabeça pra baixo", como foi feito a Mussolini



Por fim, num jogo contra o AC Milan, os adeptos do Livorno dominam os estádio de San Siro com cânticos contra o Berlusconi (dono do Milan) a chamarem-lhe pedaço de merda



St Pauli

St Pauli equipa promovida este ano há 2ª divisão Alemã .
Mesmo assim enche o estádio é o que falta também em Portugal .

imagens do St. Pauli.
































video